Labirinto de Sonhos

Um dia aparentemente comum…

Era um dia como outro qualquer. O sol nasceu, trouxe toda sua cor e calor para o novo dia que começara. Mas parece que nada daria certo naquele dia. Se tem dias que a gente acorda com o pé esquerdo, hoje foi um desses. Ela acordou já atrasada para o trabalho, teve que ir rápido, mal tomou café da manhã e saiu. A caminho do trabalho, um trânsito terrível. Parece que todos perderam a hora hoje! Angustiada, ela olhava para o relógio e os minutos passavam rápido demais, e ela já pensando na bronca que levaria por atrasar, se sua mesa já estaria lotada de coisas a fazer quando chegasse, e se daria conta de mais um dia, mais um dia frustrante, e o desejo de chutar o balde daquele serviço que consumia suas energias.

Um raio de sol entrou pela janela do carro e iluminou sua face. Olhando para o espelho, viu seu rosto cansado, sua feição não era a mesma de uns tempos atrás.

– Eu tinha um olhar diferente, mais iluminado, mais cheio de cor. – disse se vendo no espelho e dando uma olhadela na fila de carros à sua frente.

Era verdade. Sua vida mudou, do nada a vida dela foi mudando, foi deixando de ser aquela menina sonhadora, foi passando a viver na rotina de acordar, trabalhar e voltar para a casa, somente vivendo os dias arrastada pelas coisas que tinha a fazer. Acabou deixando seus sonhos trancados em uma gaveta para apodrecer, deixou de viver com intensidade, aos poucos foi perdendo o prazer da vida, o brilho no olhar.

Depois de um tempo o trânsito andou. Ela chegou no trabalho, sua mesa estava lotada de coisas a fazer. É… o dia seria longo, e entediante. Mas na mesa havia algo diferente, que lhe chamou a atenção…

Continua…

Esse post faz parte de um novo projeto aqui no blog chamado Contos de um Mundo Colorido. Fiquem de olho para os próximos posts!! Tem muita história vindo por ai!!

Encontrando o silêncio
Olhe para si
Memórias perdidas