[Resenha] A Sereia – Kiera Cass

Sinopse: Anos atrás, Kahlen foi salva de um naufrágio pela própria Água. Para pagar sua dívida, a garota se tornou uma sereia e, durante cem anos, precisa usar sua voz para atrair as pessoas para se afogarem no mar. Kahlen está decidida a cumprir sua sentença à risca, até que ela conhece Akinli. Lindo, carinhoso e gentil, o garoto é tudo o que Kahlen sempre sonhou. Apesar de não poderem conversar — pois a voz da sereia é fatal —, logo surge uma conexão intensa entre os dois. É contra as regras se apaixonar por um humano, e se a Água descobrir, Kahlen será obrigada a abandonar Akinli para sempre. Mas pela primeira vez em muitos anos de obediência, ela está determinada a seguir seu coração.

Logo que terminei A Seleção, me deparei com esse livro. Guardei com carinho e esperei um tempo pra ler pois sabia que a Kiera iria arrasar meu coração de novo.

Resolvi começar num dia que tava um pouco entediada e li quase metade. De noite sonhei com o livro de tão curiosa com o que ia acontecer (sou dessas haha) e no outro dia continuei. Sentei no sofá pra ler e perdi a noção do tempo, umas 3 horas depois já tinha terminado a leitura.

E olha, o livro me cativou. Vemos a história das sereias, elas são escolhidas pela Água. Kahlen foi resgatada pela Água de um naufrágio onde sua família morreu. A relação de Kahlen e a Água era um pouco além de somente alimentá-la de tempos em tempos, ela a amava. E é cheia de picos de emoção, um momento achava fofa e no outro sentia raiva, me fez ficar em um misto de emoções. Até que Kahlen encontra o amor. E o sentimento entre ela e Akinli vai crescendo nos poucos momentos que eles tem juntos, se cria uma conexão linda e intensa, mesmo sem dizer uma palavra. O romance vai surgindo devagarinho, delicado, leve e apaixonante. Me cativou, o andamento da história achei um pouco devagar, mas é um amorzinho. Pra mim valeu a leitura. Um dos livros mais fofos que li esse ano. 

Adquira já!

Classificação: 

E você, já leu esse livro? Se leu, me conte suas experiências! Se ainda não leu, corre pra ler!

 

Sem Comentários

Comente aí!